domingo, 23 de maio de 2010

Melbourne Shuffle

Melbourne Shuffle


Melbourne Shuffle é um estilo de dança, originado em meados de 1980 na cena rave underground de Melbourne , Austrália.

Introdução

Os movimentos básicos nesta dança são The Running Man e o 'T-Shuffle. À dança também se incorporam giros , deslizadas rápidas e assim por diante. Nesta dança não são obrigatórios os movimentos com os braços, já que na verdade não existem passos feitos especificamente com os braços, portanto o dançarino é quem escolhe se vai mexer os braços, quando e como; a maioria dos dançarinos realiza movimentos aleatórios. O Melbourne Shuffle é quase que exclusivamente dançado com mús, nos estilos que variam de 140 a 160 bpm dentre os quais o mais famoso é o Hardstyle.
                                                      

O inicio

O Melbourne Shuffle começa a emergir como uma notável dança, incorporando mais movimentos do que os estilos anteriores. Tal dança distinta, o verdadeiro Melbourne Shuffle, foi visto pela primeira vez na noite do dia 31 de agosto 1991 no Sarah Sands Hotel, em Melbourne. Desde então, a música Techno foi gradualmente substituída por música Hard Trance, House Music e assim por diante.

Fim dos anos 1990

Alguns dançarinos colocavam talco no chão e sob seus pés para ajudá-los a deslizar com mais facilidade, incluindo alguns Spins ou saltos em suas jogadas, surgindo então, algo parecido com o Melbourne Shuffle atual. Recentemente, os dançarinos usam seu próprio estilo de calças com vários detalhes (mais conhecido como Phat Pants, uma calça semelhante às calças pantalonas ou boca de sino, com detalhes coloridos, fluorescentes e/ou fosforescentes), blusas, camisetas e outros, apropriados para treinar a dança e também aplicam seu estilo nos passos, fazendo, assim, com que se tornem muito mais autênticos.

No Brasil

Começou a ser praticado no Brasil entre Agosto e Outubro de 2007. Atualmente, os Shufflers brasileiros aprendem os passos por meio de vídeos explicativos no site YouTube e ,pessoalmente em encontros.

              

Os Iniciantes

Em Agosto a Outubro de 2007, começaram os primeiros relatos do Melbourne Shuffle no Brasil, em Janeiro de 2008 foi marcado o primeiro encontro, chamado de Meet Up. Atualmente existem vários Shufflers espalhados por todo Brasil.

O Hardstyle

Hardstyle é um estilo de música, com batidas de 140 a 160 bpm. Muitos Shufflers dão preferência ao Hardstyle para dançarem, porém isso não significa que tanto o Hardstyle como o Melbourne Shuffle tenham ligações mútuas. Ambos independem para existirem.
                               

Mídia

A mídia não é tão grande quanto deveria ser no Brasil, já que o Melbourne Shuffle chegou há pouco tempo, porem em outros países é bastante conhecido, tendo até mesmo campeonatos e apresentações em shoppings e grandes festas. No Brasil e em outros países os Shufflers realizam encontros para dançar, que são chamados de Meet Up.

Exterior

O Melbourne Shuffle manteve-se relativamente ‘underground’ desde a sua criação, no fim dos anos 1980. O termo "Melbourne Shuffle" foi apresentado na mídia quando Rupert Keiller foi entrevistado pela primeira vez, no programa 'Uma Noite Todas as Músicas' da TV australiana. O entrevistador perguntou o que Rupert tinha como seu estilo único de dança e a resposta foi "Melbourne Shuffle". Em dezembro de 2002 , The Age, um jornal australiano, citou o termo na primeira página de um artigo, na tentativa de ilustrar para o público o que era o popular Melbourne Shuffle. O Melbourne Shuffle se espalhou também pela Malásia , e lá ocorrem ‘Competições de Melbourne Shuffle’. Os dançarinos domaram a sua arte e, de forma auto expressiva, se tornou uma dança com um estilo exterior (praticada em praças públicas, em casa, na rua, shoppings, etc.) e é regularmente vista em raves de vários países, como: Reino Unido, Alemanha, Malásia e também Tailândia, onde os shufflers podem ser vistos dançando nas praias de Koh Phang Ngan durante o Full Moon Beach. A Internet também tem sido um meio de muita importância para o conhecimento e interesse de novos dançarinos. Um documentário sobre o tema ,intitulado Melbourne Shuffler, foi produzido em 2004-2005 e foi lançado em DVD no final de 2005.

No Brasil

Atualmente, além dos inúmeros vídeos que podem ser vistos no site YouTube, há também uma noticia sobre o Melbourne Shuffle exibida na MTV no dia 20 de julho de 2009, no Drops, dentro do ‘MTV Notícias’, com apenas 30 segundos, também foi realizada uma matéria com Shufflers paulistanos para o programa Vitrine da TV Cultura e também teve diversas aparições de Grupos e Shufflers em programas da TV brasileira focado na descoberta de novos talentos, nenhum teve sucesso. Pode-se também ver no Vídeo Blog do grupo "Corda de Rua", uma entrevista feita com Shufflers, misturando pular corda com Melbourne Shuffle.

  



Assistam o nosso video de Melbourne Shuffle - 
 





Nenhum comentário:

Postar um comentário